Amiotrofia Espinhal

amiotrofia.jpg


Amiotrofia Espinhal


Com uma evolução relativamente rápida, as Atrofias Musculares Espinhais (AME) têm origem genética e caracterizam-se pela atrofia muscular secundária à degeneração de neurônios motores, responsáveis pelos movimentos de contração e relaxamento muscular. A AME, afeta aproximadamente 1 em 10.000 nascimentos, sendo que a cada 50 portadores do gene, 1 desenvolve a doença. Casais que tiveram uma criança afetada têm 25% de risco de recorrência em cada gravidez subsequente.

Entre os sintomas estão diminuição do tônus muscular, diminuição considerável ou ausência dos movimentos voluntários, ausência de reflexos, atrofia dos músculos, e tremor do músculo.
Estão divididas em 3 grupos, que são classificados de acordo com a importância do acometimento e a idade do início dos sintomas.


Mais informações site - ABRAME - Associação Brasileira de Amiotrofia Espinhal.