Depoimento Marlene Santos Gomes

 

Meu nome é Marlene Santos Gomes, tenho 49 anos, nasci na cidade de Guarulhos e atualmente moro no município de Carapicuíba. Fui  apresentada ao Instituto Giorgio Nicoli pelo Grupo G-14, na pessoa da Andreia, onde desde  então, tem me ajudado muito no desenvolvimento físico, psíquico e motor.

 

Sou uma sobrevivente poliomielite  da década de 70, mesmo estando em dia com todas as vacinas, tive um sarampo bem agressivo, fiquei isolada no Hospital Emílio Ribas  e logo em seguida tive a Pólio aos  4 anos de idade.

 

A princípio os médicos não sabiam o que era de fato, eu parei de andar, meu pé entortou e minha mãe ficou intrigada ,espetou meu pé com uma agulha e  teve certeza que era poliomielite , pois eu não tinha sensibilidade..

 

Retornou ao hospital e alertou os médicos, uma junta médica confirmou o diagnóstico. Imediatamente  fui encaminhada do Hospital das Clínicas , para o Hospital Anchieta, onde foram realizadas  três cirurgias de correção no pé esquerdo.

 

Até hoje me recordo da longa temporada que passei lá. A recuperação foi muito demorada, anos e anos de fisioterapia, eu só conseguia rastejar pelo chão, aos poucos com muito esforço da minha mãe que me carregava no colo nas idas ao hospital e fisioterapia,  fui ganhando equilíbrio e tentando andar, com as mãos apoiadas no joelho, pois a perna não tinha controle.

 

Também usei a bota ortopédica que ajudava  firmar o pé no chão. Cresci com algumas limitações e sou muito grata a minha mãe, que sempre buscava alternativas para facilitar minha vida, que no período escolar foi bem difícil.

 

Aos 14 anos de idade, recebi alta da   fisioterapia e   fui trabalhar com minha mãe. Estudei, fiz faculdade, pós  graduação e hoje me considero uma mulher vitoriosa que luta diariamente para sobreviver com as sequelas da poliomielite.

 

Infelizmente fiquei alguns anos sem fazer atividade física e com a chegada da idade, as dores aumentaram, muita câimbras, tendinite nos braços, artrose nos dois joelhos, atrofia e encurtamento do membro inferior esquerdo.

 

Graças ao Instituto, resgatei minha autoestima , encontrei profissionais especialistas em pólio, recebi tratamento de primeiro mundo na Clínica Saga que não encontrei em lugar nenhum.

 

Um lugar acolhedor, que recebe todos que chegam com muito carinho, o tratamento é humanizado, um cuidado especial para cada caso.

 

 

Marlene Santos Gomes.png

O espaço físico é adequado às nossas necessidades, ambiente extremamente limpo, cumpre todos os protocolos sanitários, possui excelentes profissionais, em especial destaco os fisioterapeutas Mirna, Juliana e Thiago que  fazem o diferencial na reabilitação de pacientes com poliomielite.

 

Por todos os lugares que passei, não encontrei esse tipo de tratamento especializado. Só tenho a agradecer a oportunidade oferecida pelo Instituto, que acolhe com muito respeito, amor, carinho, os pacientes e principalmente, por todo o suporte oferecido no tratamento da Síndrome Pós-Pólio.

 

Além de todos os tratamentos oferecidos :reabilitação física,apoio psicológico e reeducação alimentar,que mais iniciativas como essas se espalhem pelo mundo,pois ainda tem muitas pessoas com poliomielite desamparadas por aí.Infelizmente precisamos de acompanhamento pelo resto da vida,devido os sintomas da pós- pólio.

 

Sempre que encontro alguém, apresento o Instituto, pois as sequelas da pólio são severas com o passar dos anos , nos deixando  ainda mais vulneráveis. 

 

Hoje eu me levanto essa vontade de viver, de trabalhar e lutar pelos meus objetivos , graças ao Instituto Giorgio Nicole e a Saga que resgataram  minha autoestima, melhorou minha mobilidade  e principalmente me faz acreditar que posso ir cada vez mais longe.

 

VENCI A POLIOMIELITE!!!  MUITO OBRIGADO E MINHA ETERNA GRATIDÃO!

 

Depoimento Marlene Santos Gomes

Paciente do Instituto Giorgio Nicoli e Clínica SAGA