Depoimentos

A ideia do Instituto em divulgar os depoimentos é conhecer melhor os pacientes atendidos, sua história e expectativas para aprimorar sua atuação na busca de alternativas para uma melhor qualidade de vida para os pacientes com a Síndrome Pós-Pólio. 

logo-ign-e-aacd.jpg

Depoimento Elizete Patriota da Luz

Eu, nasci em Santo Expedito, perto de Presidente Prudente, aos 22 de maio de 1949. Nasci gêmea de Elizabete, de parto normal em casa, numa família com 11 filhos. Aos 3 meses a minha irmã gêmea morreu de meningite e eu aos 9 meses tive poliomielite.

Como na minha cidade não tinha tratamento, meu pai me trouxe para São Paulo e eu fiquei internada no Hospital das Clinicas por 9 meses. Quando recebi alta, voltei para o interior, já tinha 18 meses, já andava, sem nada, mas tinha um encurtamento de 3 cm na perna direita. No interior não tive mais nenhum tratamento até os 10 anos de idade.

 

Aos 10 anos mudamos para São Paulo, e aos 12 anos eu fiz no Hospital das Clinicas uma cirurgia no pé, artrodese. Aos 18 anos fiz outra cirurgia no joelho e no dedo do pé que era saltado.

Nunca usei aparelho ortópedico, mas mancava um pouco da perna direita, por causa do encurtamento. Até então levava uma vida normal, fiz magistério e lecionei durante 20 anos e os últimos 5 anos que faltava para me aposentar eu fiquei readaptada na escola porque eu comecei a sentir fraqueza na perna.

 

Fui casada, tive 3 filhos, hoje sou viúva faz 8 anos. Aos 47 anos, quando me aposentei, eu já comecei a usar bengala, pois já não tinha força para andar solta. Fiz fisioterapia e comecei a andar com andador com 2 rodas na frente.

 

Fiz tratamento na UNIFESP, na vila Clementino e lá, depois de fazer um exame, o Dr. Acari falou que eu tinha Sindrome Pós Pólio.

E o neurologista de lá pediu que eu usasse a cadeira de rodas, quando precisasse andar muito. De lá fui encaminhada para fazer fisioterapia no Instituto Giorgio Nicoli, que me encaminhou para um dos seus parceiros no caso a AACD.

 

Fiz 6 meses de fisioterapia, mais alongamento e caminhada na barra, que ajudou a fortalecer a perna. E hoje estou esperando marcar minha avaliação com a fisiatra.

 

Agradeço muito ao Instituto Giorgio Nicoli!

Foto-04.jpg

Depoimento José Maria Sales

Eu fui diagnosticado com pólio mais ou menos aos 6 meses, meus pais viam que eu não andava, não ficava em pé direito, fui levado ao Médico e eles diagnosticaram Poliomielite. Naquele tempo não tinha muitos recursos, o recurso médico era pouco, ainda mais no interior de Minas Gerais, onde nasci. Eu morava na roça, não tinha recursos, fiz uma cirurgia no Rio de Janeiro, aos 12 anos de idade, ajudado pelos meus tios e depois dela pude começar a usar uma órtese e começar a aprender a andar. Antes da cirurgia eu só andava de muleta ou arrastando.

Eu só fui ter tratamento mesmo, depois da cirurgia, quando a 2 anos atrás eu conheci o Instituto Giorgio Nicoli. Que graças a Deus me deu esse tratamento de qualidade, que você não consegue hoje na área pública. É um tratamento caro, sei que é caro e por isso aproveito todo momento, me esforço muito e agradeço muito ao Instituto Giorgio Nicoli por me proporcionar esse tratamento e a Clínica SAGA, aos profissionais da SAGA, que me ajudam muito até hoje! - Para ler o depoimento completo, acesse: https://institutogiorgionicoli.org.br/depoimento-sales

- José Maria Sales

 

 

Foto-depoimento.jpg

Meta Real X Pandemia

   

Meta Real  (acompanhamento Nutricional custeado pelo Instituto Giorgio Nicoli aos seus pacientes).

 

Comecei na Meta Real no dia 6 de março de 2020, no primeiro dia e único presencial, porque os próximos dias e meses o cenário mudaria. Nesse dia conheci o grupo, pesei, recebi da orientadora Rute Helena minhas primeiras informações, orientações e material, depois assistimos a um vídeo sobre o programa. Disposta a iniciar uma mudança de vida, mal sabia que seria impactante, não sóno hábito alimentar como no estilo de vida total.

 

Acostumada a fazer a maioria das minhas refeições em restaurantes, meio a uma atividade ou outra, sei que o inicio não seria fácil, mas decidida...comecei.  De repente a vida do planeta Terra mudou violentamente, me senti completamente isolada em meu apartamento, com a responsabilidade de cuidar do meu físico, da casa, como também da minha mente.

 

Pirei por duas semanas, achando que tudo não passava de um pesadelo e que logo passaria, mas comecei a perceber que algo estava errado, e que minha visita á cozinha que antes acontecia 1 ou 2 vezes ao dia, de manhã quando saia de casa e a noite quando retornava, aumentaram compulsivamente. Comentei com minha orientadora, que disse, conforme a mudança alimentar vai ocorrendo a ansiedade tende a diminuir.

 

E assim eu fiz, comecei enriquecendo minha fruteira e consumindo frutas e legumes, achava bonito ver o colorido que ficava minha cozinha, mas as verduras ainda é uma batalha que preciso trabalhar. Estou bebendo mais água e aprendi muito com as palestras.

 

Hoje estou mais consciente do que é uma boa alimentação e como devo proceder para degustar, repousando o garfo, respirando, respeitando meu horário interno para uma alimentação prazerosa. Isso em plena pandemia está sendo um desafio maior.

 

Eu ainda não tive uma mudança corporal, porque tenho muito que aprender, e creio que essa mudança está vindo de dentro para fora, a partir do momento que faço minhas escolhas alimentares para uma boa saúde. Necessito fazer ainda muitos ajustes, mas tenho certeza que focando serei vitoriosa!    -  Ivone Simplicio - julho 2020.

logo-ign-e-saga.jpg

Depoimento Carlos Batista

Fiz fisioterapia aquática na SAGA por um bom período que não consigo precisar por conta destes tempos de pandemia.

Só tenho a agradecer o profissionalismo e principalmente o carinho e atenção proporcionados por todas as pessoas que lá trabalham, desde a recepção, o rapaz da manutenção,  até as fisioterapeutas.

Nominalmente cito a Mirna e a Ju, profissionais de extrema competência, que nos ajudam de todas as formas desde a forma física, aplicando suas técnicas para nos exercitarmos dentro d'água de forma suave e agradável, até a forma psicológica que vem de um sorriso, uma brincadeira nos proporcionando uma melhora na nossa qualidade  de vida. Muito bom saber que ainda existem pessoas que tem como missão ajudar o próximo.

Gratidão, acredito ser a palavra correta a ser usada tanto para a SAGA, como um todo e ao Instituto Giorgio Nicoli pelas oportunidades oferecidas a todos nós.

Forte abraço. - Carlos Batista

PHOTO-2020-08-02-16-57-49.jpg

Programa META REAL

Eu, Arlete Nascimento tenho o maior prazer em dividir com vocês toda a minha alegria e agradecimento por ter participado do Projeto "Meta Real" por alguns meses. Fazer parte desse processo é simplesmente acolhedor. É uma maneira sadia e consciente de se alimentar com equilíbrio e principalmente sendo muito bem orientada.

 

Em primeiro lugar temos que acreditar que somos capazes e responsáveis pelo que "queremos mudar de verdade". As transformações só acontecem quando nos permitimos e é essa a proposta de sermos acompanhados por um orientadora que semanalmente nos instrui, avalia nossos medos, angústias, frustrações e não nos deixa desanimar. Os estímulos e as dinâmicas fazem com que pensemos que a cada dia...adquirimos conhecimentos e perdemos. Ou melhor...eliminamos os "quilinhos indesejáveis ".

 

Aprendemos que a resiliência nos torna fortes. Aprendemos com os erros e ao sentirmos a síndrome da privação, abuso e prazer escolhemos se queremos o papel de vítima ou vilão.

 

Fazemos uma projeção e  aprendemos até que existe a fome física e a psicológica. Nos damos conta da importância do nosso corpo e somos capazes até de controlar o "comer noturno".

 

São muitas as descobertas e com a troca de experiências entre os colegas (inclusive com trocas de receitas) nos sentimos mais preparados para encarar a cada semana um novo desafio. O fato de tomarmos consciência da importância de bons hábitos alimentares e de que podemos comer "de tudo" (desde que façamos certas combinações) nos permite chegar cada vez mais perto do nosso ideal...perto da nossa "META REAL".

 

Muito obrigada pela parceria do Instituto Giorgio Nicoli com o método Meta Real que nos possibilita grande e bom aprendizado. Obrigado especial à minha orientadora Rute, que já há algum tempo acompanha a minha trajetória com a Síndrome Pós - Pólio  (SPP) ! - Arlete Nascimento - Julho de 2020, São Paulo.

 

Esse é o depoimento de Paulinho, uma pessoa íncrivel que compartilhou sua história de Vida, história que é a realidade de muitos pacientes com Síndrome Pós Pólio! O Instituto Giorgio Nicoli, agradece a AACD o compartilhamento desse vídeo, veiculado durante o teleton 2019.