Deficiência: o Mundo não está preparado!!​

 

Temos problemas de locomoção, falta de acessibilidade em todos os sentido, mas, o preconceito, é sem dúvida, o maior problema da vida de uma pessoa deficiente.

 

Deficiência faz parte da vida, todos podemos nos tornar deficientes, principalmente no envelhecimento... Porque o preconceito?

 

A opressão social de pessoas com deficiência, é generalizado e impacta não apenas nas interações com os outros, mas também sistemas, como políticas. 

 

 

O que temos atualmente...

 

 

A deficiência é complexa; como tal, as pessoas sem deficiência muitas vezes experimentam uma combinação de sentimentos negativos e positivos em relação às pessoas com deficiência. 

 

Pessoas com deficiência são vistas como menos capazes, menos inteligentes, mais infantis e mais dependentes do que as pessoas sem deficiência; elas também são tratadas com pena e condescendência.

 

O Conselho de Qualidade e Liderança (CQL) conduziu recentemente um estudo com aproximadamente 350.000 pessoas para examinar qual forma de preconceito é a mais comum!

 

Dependendo dos diferentes níveis de preconceito explícito e implícito o estudo demonstrou o seguinte:  os que tem simpatia, embora reconheçam que ainda há discriminação contra as pessoas com deficiência, pontuam alto em termos de individualismo, incluindo a ideia de que, se as pessoas com deficiência se esforçarem o suficiente, poderão ter sucesso. 

 

Pessoas aversivas a deficiência,  acreditam que não são preconceituosas - na verdade, os valores igualitários são importantes para sua autoimagem - ainda que muitas vezes, sem saber, agem de forma preconceituosa em cenários onde seu preconceito é menos evidente. 

 

Por exemplo, as interações entre pessoas sem e com deficiência, apresenta grandes discrepâncias entre o que as pessoas com e sem deficiência viam como tratamento positivo para pessoas com deficiência! 

 

As pessoas com deficiência muitas vezes consideram as ações das pessoas sem deficiência como “'inapropriadas'”, embora as pessoas sem deficiência acreditem que têm as “'melhores intenções'”. 


 

Deficiência - o Mundo não está preparado...

Enquanto as pessoas sem deficiência pensavam que atitudes positivas em relação à deficiência incluíam ser gentis e prestativas, as pessoas com deficiência, pensavam que atitudes positivas em relação à deficiência incluíam atitudes que defendiam seus direitos civis, de não serem tratadas de forma diferente, de serem percebidas como competente nas áreas que são valorizadas pelas outras partes...

 

O estudo revelou que a maioria das pessoas tinha preconceito contra pessoas com deficiência. A forma mais comum de preconceito entre as 350.000 pessoas era a  aversiva, em que elas conscientemente tinham pouco preconceito, mas inconscientemente eram preconceituosos contra as pessoas com deficiência.

 

Este é o maior problema desse tipo de preconceito, as pessoas em sua esmagadora maioria acham que “não são preconceituosas!!!”. E essa visão prejudica a qualidade de vida das pessoas com deficiência e a mudança da sociedade para uma atitude realmente “proativa” a respeito do assunto.

 

Isso só mostra, que temos muito mais trabalho a fazer para acabar com o preconceito em relação a deficiência.

 

E você o que acha? Concorda com o estudo?

 

Fonte: Carli Friedman, PhD, Diretor de Pesquisa, The Council on Quality and Leadership

https://cjds.uwaterloo.ca/index.php/cjds/article/view/509/766