Sintomas da Bexiga em portadores da SPP!...​

 

Um estudo foi realizado na Associação Dinamarquesa de Vítimas de Pólio com objetivo de verificar os sintomas da bexiga entre sobreviventes da pólio e os transtornos que eles causam.

 

Foi selecionado uma amostra aleatória de sobreviventes da pólio estratificada por idade e sexo, escolhida entre membros da Sociedade Dinamarquesa de Pólio e Vítimas de Acidentes.


Resultados


De 453 indivíduos elegíveis, 272 responderam. Dentro de 2 semanas, 87,5% dos entrevistados haviam experimentado pelo menos um sintoma da bexiga e 76,5% relataram que tinham sido incomodados por um sintoma da bexiga. 

 

Dos 12 sintomas do questionário, encontramos uma diferença significativa de gênero, com esforço e fluxo fraco relatados com mais frequência entre os homens e incontinência de urgência relatada com mais frequência entre as mulheres. 

 

A incontinência ocorreu significativamente mais frequentemente entre as mulheres (73,3%) do que entre os homens (40,9%). Em comparação com um estudo semelhante da população sem poliomielite, os sintomas da bexiga em geral ocorreram aproximadamente duas vezes mais entre os sobreviventes da pólio.


Conclusão

 

A maioria dos sobreviventes da poliomielite apresenta sintomas na bexiga, sendo as prevalências aproximadamente duas vezes mais altas do que na população sem poliomielite. Além disso, os sobreviventes da poliomielite em muito maior grau acham os sintomas da bexiga incômodos. 

 

Um programa de reabilitação bem-sucedido deve, portanto, enfocar também esses sintomas.

 

Seria interessante saber mais a respeito através do vídeo do Instituto onde a Dra Mirca Batista, fala sobre este assunto. Assista ao vídeo...

Ou acesse o endereço: https://www.youtube.com/watch?v=3RIKkP0wnEk&t=2s

 

Portadores da SPP que realizaram exercícios específicos reportaram grande melhora na Qualidade de Vida!

 

 

Fonte:

Centro de Reabilitação Merete Bertelsen , Associação Dinamarquesa de Vítimas de Pólio e Acidentes