Peso um controle necessário para os portadores da Pólio!

 

 

 

O peso corporal deve ser mantido dentro da faixa normal (18,5 a 24,9) de um índice de massa corporal (IMC) para o sexo, idade e estrutura corporal de uma pessoa. Peso adicional pode exacerbar uma nova fraqueza muscular.

 

Excesso de peso , definido como um IMC de 25 a 29,9, pode agravar quase todos os problemas de mobilidade. A obesidade, definida como um IMC> 30, pode interferir seriamente com a respiração e aumentar o risco de hipertensão, doenças cardiovasculares e diabetes!

 

A maior parte da perda de peso ocorre devido à diminuição da ingestão de calorias. Para os sobreviventes da poliomielite que usam cadeira de rodas, restrições severas de calorias, como apenas 800-850 calorias por dia, podem ser necessárias para evitar ganho de peso ou induzir temporariamente a perda de peso.

 

A atividade física é um componente importante da perda de peso, mas não levará a uma perda de peso substancialmente maior após seis meses. A atividade física é mais útil na prevenção e na recuperação de peso. Um componente essencial para um programa bem-sucedido de perda de peso é a motivação. A terapia comportamental é um complemento útil para perda e manutenção de peso.

 

Para os sobreviventes da pólio, a ingestão nutricional e o exercício são questões muito individualizadas. Portanto, recomenda-se consultar um nutricionista especializado em pós pólio,  antes que um plano de perda de peso seja adotado.

 

peso.jpg

 

 

Por que alerto sobre isso?

Porque é muito comum escutar que dieta não funciona...

 

Uma razão pela qual a dieta não funcionou para você, uma pessoa com poliomielite, é que você é diferente. Suas razões para estar acima do peso provavelmente são diferentes e as estratégias que você precisa para perder peso são diferentes, porque seu corpo é diferente, não se esqueça disso!

 

Trecho do "Manual sobre os efeitos tardios da poliomielite para médicos e sobreviventes", da PHI.