Vacinação para Sobreviventes da Pólio!

 

Com os relatos atuais de um homem americano no estado de Nova York paralisado por poliomielite e poliovírus encontrados em águas residuais no estado de Nova York e Long Island, não houve declarações de autoridades estaduais ou federais sobre as implicações da disseminação do vírus na comunidade e se a vacinação contra a poliomielite – todas as quatro doses ou uma dose de reforço única - é recomendada para sobreviventes da poliomielite.

 

Os sobreviventes da pólio devem ter muito cuidado com sua crença, muitas vezes sem provas ou como parte da tradição familiar, sobre os “tipos” de poliomielite que tiveram ao decidir sobre a necessidade de vacinação.

 

Durante as epidemias de poliomielite, e ainda hoje, há confusão sobre a existência de três tipos de poliovírus e três tipos de poliomielite clínica.

 

TRÊS TIPOS DE POLIOVÍRUS!

 

Existem três poliovírus que você poderia ter tido:

• Tipo I (Brunhilde, a cepa epidêmica que causou a maioria dos casos de poliomielite),

• Tipo II (Lansing),

• Tipo III (Leon).

 

Cada um dos três tipos de poliovírus é geneticamente diferente e, portanto, cada um requer seu próprio tipo único de vacina contra a poliomielite para que o corpo gere anticorpos necessários para neutralizar cada tipo de vírus. O injetável (vírus morto) e as vacinas orais (viva, mas com vírus atenuado) da poliomielite contêm todos os três tipos de poliomielite.

 

TRÊS TIPOS DE PÓLIO CLÍNICA!

 

Infelizmente, os três poliovírus diferentes se confunde com os “três tipos de poliomielite clínica”:

 

A pólio bulbar indica que o vírus afetou seu tronco cerebral e causaria problemas para engolir e respirar;

A pólio espinhal indica que o vírus afetou sua medula espinhal e causaria paralisia dos membros;

Poliomielite Bulbar-Spinal indica que o vírus afetou tanto o tronco cerebral quanto a medula espinhal, o que causa paralisia dos membros e dificuldade para engolir e respirar.

 

Alguns sobreviventes da pólio foram informados de que as áreas do corpo afetadas foram determinadas pela infecção com tipos específicos de poliovírus. Então, alguém que teve poliomielite bulbar pode ter sido informado de que tinha um tipo de poliovírus, enquanto alguém com poliomielite bulbar-espinhal poderia ter sido informado de que tinha dois tipos de poliovírus. Qualquer um dos três poliovírus podem ter causado sintomas espinhais, bulbares ou bulbar-espinhais!

 

Os sintomas que você experimentou não foram determinados pelo tipo de poliovírus que entrou em seu corpo.

 

Quando falar com o seu médico sobre a necessidade de vacinação ou de uma dose de reforço, não dependa do seu sintoma de poliomielite ou memória familiar para determinar o tipo de poliovírus que você teve e o tipo de vacina que você pode precisar agora.

 

Vacinação para Sobreviventes da Pólio!

Adultos não vacinados ou que não têm certeza se foram totalmente imunizados (incluindo sobreviventes da pólio, que provavelmente tiveram apenas um tipo de poliomielite) precisariam de um total de 3 doses de vacina.

 

Adultos que tomaram apenas 1 ou 2 doses da vacina contra a poliomielite precisariam tomar todas as 3 doses.

 

Adultos que estão em maior risco de exposição ao poliovírus e que já completaram uma série da vacinação contra a poliomielite podem consultar um profissional de saúde e receber uma dose vitalícia de "reforço" de Vacina injetável contra a poliomielite!

 

Como medida de segurança, vale a pena, conversar com seu Médico a respeito!!!

 

Fonte:

Dr Richard L. Bruno, HD, PhD Director, International Centre for Polio Education.

https://www.papolionetwork.org/uploads/9/9/7/0/99704804/the_types_of_polio_-_vaccination_caution.pdf

Foto: Pixabay